segunda-feira, 20 de maio de 2013

Questões de Concursos para professor de Geografia

Pessoal, eu separei algumas questões que caíram em concursos para professor de Geografia relacionadas ao Ensino de Geografia e Epistemologia.
Nas questões percebe-se claramente a avaliação em relação aos conceitos geográficos e a apropriação que o professor faz destes em sala, bem como as correntes de ensino e a metodologia inerente em cada uma.


Prova - 2013 (Geografia SEED - Pr)

1. Para as Diretrizes Curriculares da Educação Básica (DCEs) no Paraná para ensino de Geografia (2008), o objeto de estudo dessa disciplina é a análise do espaço geográfico. Existem contradições sobre essa perspectiva, visto que correntes de estudo assinalam a importância da inserção de reflexões sobre posições filosóficas e políticas que se configuram de formas distintas (SANTOS, 1996, p. 51).
Dado esse contexto, marque a alternativa que configura o pensamento CORRETO sobre a Geografia.
A) O espaço geográfico é formado por um conjunto indissociável, solidário e contraditório de sistemas de objetos e sistemas de ações, não considerados isoladamente, mas como o quadro único no qual a história se dá.
B) O espaço geográfico é produzido e apropriado pela família, composto pela inter-relação entre os objetos – naturais, culturais e econômicos.
C) O espaço geográfico é produzido na natureza selvagem, formada por objetos naturais que vão sendo substituídos por objetos cibernéticos.
D) O espaço geográfico é entendido como dependente do sujeito que o constrói.
E) O conceito de espaço geográfico é associado ao papel e/ou interesses do Estado.

2. Atualmente se discute a importância da retomada dos estudos das disciplinas de formação do professor de Geografia, de modo que este seja estimulado a desempenhar também o papel de pensador e pesquisador, participando de grupos de estudo, simpósio, pesquisando e produzindo nos projetos de formação continuada.
Nesse contexto é CORRETO afirmar que:
A) ao retomar os estudos teóricos e epistemológicos da disciplina o professor de Geografia pode reorganizar seu fazer pedagógico, com clareza teórico-conceitual, restabelecendo as relações entre o objeto de estudo da disciplina e os conteúdos a serem abordados.
B) a instrução n. 04/1999 da SEED/SUED inseriu, na parte diversificada da matriz curricular, algumas disciplinas que abordam as especificidades regionais como, por exemplo, os assuntos
relacionados para a Geografia do Paraná.
C) para a prática didática dos professores de Geografia, julga-se necessária a sintetização dos
conteúdos dessa disciplina, reconhecendo a homogeneidade presente nela.
D) para se ter um professor atuante e pesquisador, faz-se necessária uma reflexão ancorada num suporte teórico crítico que desvincule o objeto da Geografia, seus conceitos referenciais, conteúdos dos determinantes sociais e econômicos do atual contexto histórico.
E) O ensino de Geografia deve assumir metodologicamente o quadro conceitual das
abordagens críticas dessa disciplina, que propõem a análise da hegemonia social, econômica, cultural e política, constitutivas de um determinado território.

4. “é o espaço onde o particular, o histórico, o cultural e a identidade permanecem presentes, revelando especificidades, subjetividades e racionalidades. Por outro lado, é no espaço local que as empresas negociam seus interesses, definem onde querem se instalar ou de onde vão se retirar...”. Fonte: Fonte: Diretrizes Curriculares de Educação Básica
(DCEs) – Geografia. Paraná, 2008, p. 61.
O conceito geográfico em destaque no fragmento
acima é:
A) paisagem.
B) região.
C) território.
D) lugar
e) natureza

14 ) Analise a seguinte explicação da hidrografia paranaense:
“O Estado do Paraná é composto por duas bacias principais, a do interior, representada pelo rio Paraná e seus principais afluentes: Iguaçu, Ivaí e Paranapanema; e a bacia do litoral, com rios de pequena extensão que correm diretamente para o mar. As bacias hidrográficas do Estado são exorreicas e perenes, sendo constituídas predominantemente de rios de planaltos.”
Fonte: Ipardes – Fundação Édison Vieira. Algumas características físicas e cobertura arbóreas do Estado do Paraná. Curitiba, 1986. p. 2 (Adaptado). Disponível em: ...>.
Acesso em 05/03/2013.
A abordagem geográfica evidenciada no texto refere-se a uma geografia:
 A) marxista.
B) socioambiental.
C) clássica.
D) histórico-crítica.
E) humanista.

Prova 2007 (Geografia - SEED - SP)

37. Considere a canção apresentada.
Vaca Estrela e boi Fubá
Patativa do Asaré
Aquela seca medonha
Fez tudo se trapaiá
Não nasceu capim no campo
Para o gado sustentá
O sertão esturricô, fez os açude secá
Morreu minha vaca Estrela
Se acabou meu boi Fubá
Perdi tudo quanto eu tinha
Nunca mais pude aboiá
Ê, vaca Estrela, ô, boi Fubá
Hoje nas terra do sul
Longe do torrão natá
Quando eu vejo em minha frente
Uma boiada passá
As água corre dos óios
Começo logo a chorá
Lembro minha vaca Estrela
E o meu lindo boi Fubá
Com sodade do nordeste
Dá vontade de abóia
Ê, vaca Estrela, ô, boi Fubá
(www.fagner.com.br/Letras. Acessado em 10.01.2007)
A referência regional, presente na letra da música, exemplifica a abordagem da Geografia
(A) humanística, que privilegia as relações estabelecidas pelo homem com o seu espaço vivido.
(B) crítica, na qual as condições socioeconômicas definem as relações do homem com seu espaço.
(C) tradicional, visto que destaca os aspectos naturais e sua descrição como atributos principais da região.
(D) política, pois destaca as relações de poder no campo e as dificuldades do pequeno agricultor na região.
(E) ecológica, que tem como objeto as relações do homem com o meio através do trabalho.

70. Em uma sala de aula do 3.° e 4.º ciclos do ensino fundamental, o professor de Geografia propõe uma atividade de leitura de mapas. Como avaliação da atividade, o professor pode considerar que o aluno realizou aquisições complexas se ele
(A) soube reconhecer os pontos cardeais e encontrou as coordenadas de um ponto.
(B) leu uma carta regional simples e explicou a localização de um fenômeno por correlação entre duas cartas.
(C) conseguiu calcular a altitude de um ponto e a distância deste em relação a outro ponto.
(D) mediu corretamente uma determinada distância sobre uma carta a partir de uma escala numérica.
(E) diferenciou declives, reconheceu e situou as formas de relevo e de utilização do solo.


72. Os Parâmetros Curriculares Nacionais, de modo geral, enfatizam a necessidade de o professor trabalhar com a realidade próxima do aluno no processo de construção do conhecimento em sala de aula. No caso da Geografia, por exemplo, pode-se trabalhar com
(A) a realização de visitas às prefeituras e/ou câmaras municipais, além de promover palestras com autoridades do poder público, para que os alunos compreendam noções de cidadania, direitos e deveres.
(B) a construção de mapas mentais, para conhecer o nível de consciência espacial dos alunos, além de possibilitar a introdução de elementos da linguagem cartográfica, como escala, legenda e orientação.
(C) a exposição de conceitos fundamentais, como espaço, lugar e território, de forma abstrata, para desenvolver nos alunos a capacidade de realizar análises complexas sobre o seu espaço vivido.
(D) mapas topográficos em escala detalhada (1:10.000), que permitirão aos alunos uma visão objetiva de seu espaço próximo, com a possibilidade de introdução de noções como o uso do solo urbano e o impacto ambiental.
(E) atividades ao ar livre, como passeios no entorno da unidade escolar e/ou praças próximas, sobre as quais os alunos poderão desenvolver noções de lateralidade e reversibilidade.

73. De acordo com Maria Elena Simielli, 1999, a alfabetização cartográfica deve se iniciar nos dois primeiros ciclos do ensino fundamental. Espera-se que, ao final do segundo ciclo, o aluno tenha desenvolvido noções de
(A) proporção e escala.
(B) correlação e dedução.
(C) rede viária e hidrografia.
(D) planta e croqui.
(E) rotação e translação.

Processo Seletivo Simplificado (2009 - SP)

66. Utilizando-se da música, o professor pode trabalhar conhecimentos geográficos importantes.
Leia com atenção parte da letra da música Planeta Água, de Guilherme Arantes.
Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra
Assinale a alternativa que contém dois aspectos geográficos que podem ser identificados, respectivamente, em cada uma das estrofes.
(A) Água subterrânea; lago.
(B) Evaporação; chuva.
(C) Bacia hidrográfica; ciclo hidrológico.
(D) Evapotranspiração; águas represadas.
(E) Condensação; granizo.

68. A utilização de textos jornalísticos permite ao professor de Geografia reconhecer, aplicar e estabelecer relações entre os conhecimentos da disciplina e os acontecimentos em todas
as escalas.
Leia o texto.
Crise freia fluxo europeu do Leste para o Ocidente Desemprego impulsiona milhões de romenos, poloneses e outros imigrantes da Europa Oriental a retornar a seus países de origem Jamil Chade - Enviado Especial Bucareste
Para o Instituto para Pesquisa de Políticas, a combinação entre recessão e novas barreiras impostas pelos governos está provocando a queda do fluxo migratório em direção à Europa Ocidental. Essa combinação é bastante evidente na Itália, onde a redução da entrada de imigrantes foi de 92% desde maio, quando entrou em vigor uma nova lei endurecendo o controle sobre estrangeiros.
Mas a rejeição aos estrangeiros também ganha força nos países do Leste. Uma pesquisa do Pew Center indicou que a rejeição à imigração é duas vezes maior no Leste do que na Europa Ocidental.
(O Estado de S.Paulo, 10.11.2009)
Assinale a alternativa que indica dois conceitos geográficos que podem ser trabalhados a partir desta leitura.
(A) Crescimento vegetativo; desemprego.
(B) Conurbação; preconceito racial.
(C) População ativa; esperança de vida.
(D) Migração; xenofobia.
(E) Movimentos pendulares; envelhecimento da população.

71. É importante e necessário ter um sistema de referência espacial que permita estabelecer posições exatas sobre a superfície terrestre. Para tanto, deve-se utilizar um sistema de referência espacial baseado em linhas imaginárias, denominado rede geográfica. Através destas linhas, determinam-se as coordenadas geográficas nos mapas. Mais recentemente, os satélites artificiais do Sistema de Posicionamento Global (GPS) introduziram um elemento novo.
Assinale a alternativa correta.
(A) Altitude, meridianos, ábaco.
(B) Linha equinocial, altitude, meridianos.
(C) Fusos horários, latitude, paralelos.
(D) Hemisférios, longitude, latitude.
(E) Latitude, longitude, altitude.

PROCESSO SELETIVO - PROFESSOR DA ZONA URBANA E RURAL - ACRE
1)           “As atividades, tarefas ou situações de ensino e aprendizagem são as propostas feitas aos alunos para trabalhar um ou mais conteúdos. Há uma
relação muito estreita entre objetivos, conteúdos e atividades porque os conteúdos, selecionados em função do tipo de capacidade que se espera dos alunos, são trabalhados a partir das propostas de atividade.”
As atividades de avaliação são fundamentais na relação entre objetivos e conteúdos ao longo do processo de ensino aprendizagem. Em relação às formas de avaliar, pode ser afirmado:
A) A observação do professor e a análise do conjunto da produção escolar do aluno não podem ser consideradas formas de avaliação.
B) As atividades que se propõem à avaliação devem ser semelhantes às que o aluno conhece e não se diferenciar muito do cotidiano escolar.
C) Os conhecimentos prévios dos discentes não devem ser aferidos pelos diferentes tipos de avaliação e sim os conteúdos do momento específico.
D) As atividades utilizadas para promover a aprendizagem dos alunos servem incondicional e concomitantemente para a função de avaliação.
E) As adequadas avaliações não devem realizar comparações entre os colegas de uma turma e nem ao que a escola e professores esperam do aluno.

2)           Um professor de Geografia planeja (para uma semana de aulas) trabalhar com a ideia de pobreza e miséria como imagens que dominam o cotidiano.
Nesse sentido, o diálogo com outras disciplinas se faz necessário, sendo a principal disciplina que promove tal interdisciplinaridade é a:
A) Química.
B) Biologia.
C) Sociologia.
D) Economia.
E) Ciência Natural.

3)           Pensando em um docente que está preparando sua aula numa escola que adota o construtivismo, uma intervenção pedagógica das mais relevantes e que se enquadra a essa concepção de ensino é utilizar atividades que priorizem a:
A) problematização.
B) memorização.
C) cópia.
D) padronização.
E) teoria.

4) O papel do erro na aprendizagem é:
A) definir quem sabe e quem não sabe para aprovar e reprovar.
B) comprometer o rendimento do aluno, reprovando-o.
C) classificar os melhores e os piores alunos.
D) ajudar a compreender o que ainda falta aprender.
E) mostrar ao aluno que ele não irá aprender.

5)           Certo docente resolve fazer uma atividade em grupo com seus alunos. Um dos fatores para que esse agrupamento proposto seja produtivo, é o docente ter clareza sobre:
A) os objetivos da proposta de atividade.
B) a sua própria formação.
C) os objetivos da escola.
D) deixar os estudantes livres de sua interferência.
E) seu próprio conhecimento sobre o assunto.

6)           Um professor assumiu uma turma de 6º ano e descobriu que os alunos encontram-se em vários níveis diferentes de aprendizagem. Nesse caso, deve esse professor:
A) trabalhar para que todos tenham o mesmo desempenho.
B) utilizar a mesma estratégia com todos.
C) separar a turmaemgrupos homogêneos.
D) ajustar a forma de oferecer ajuda pedagógica.
E) desconsiderar as diversidades e trabalhar a igualdade.

Concurso Público para o cargo de professor classe “c” – Geografia / Rondônia

1)           “Por um lado, caminha-se no sentido de dar significado aos conteúdos geográficos para o próprio aluno, fazendo ligação dos conhecimentos trabalhados em sala de aula com sua vida cotidiana e imediata; por outro lado, postula-se que, no lugar, que é manifestação do global, é possível encontrar elementos da realidade mais ampla.”
O fragmento apresenta uma das concepções teórico-metodológicas mais recorrentes nos atuais debates sobre a prática de ensino em geografia. Tal formulação está orientada, principalmente:
A) no aprofundamento dos conceitos de nação, nacionalismo e globalização.
B) no entendimento paradoxal entre geografia escolar e geografia acadêmica.
C) na manutenção do empirismo em detrimento de qualquer outra metodologia.
D) no resgate da geografia quantitativa para uma eficiente comparação espacial.
E) Na compreensão dialética que pressupõe a realidade na sua multiescalaridade.

2)           Existe uma retomada de procedimentos didáticos, nos últimos anos, denominados de métodos ativos. Emerge, nesse contexto, a relação entre ensino e pesquisa por meio da pedagogia dos projetos. A pesquisa, por meio de projetos, no âmbito do ensino da geografia, deve considerar, principalmente que:
A) a base do construtivismo não apresenta nenhuma ação do professor.
B) o espaço como análise central não tem ligação com outros saberes.
C) o professor figura na posição de mediador intencional da pesquisa.
D) a prática do trabalho coletivo não deve ser um objetivo almejado.
E) a paisagem só será entendida por meio da observação direta.

Concurso Público- Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (2010)
13. A escola tradicional, de acordo com Giroux (1997), é simplesmente o local de transmissão de conhecimento, ignorando seu papel político e
cultural. Pensamos que a ausência política proposta pelo autor se faz apenas na política de contestação, ou seja, na crítica ao status quo, pois
sua função reprodutora de profundas desigualdades sociais não pode ser desconsiderada como um ato político. (...) Mas não há como negar que os pressupostos positivistas estão impregnados na escola tradicional, pois algumas práticas pedagógicas e teorias educacionais estão alicerçadas nesses pressupostos. A escola, vista como um instrumento cartesiano, possibilita apenas a resolução burocrática de problemas elaborados por seus superiores, uma vez que tais  resultados devem ser iguais para diferentes realidades. Em relação aos objetivos da escola tradicional é errado afirmar que:
A) O objetivo da escola tradicional é a transmissão de conhecimento, ou seja, uma preocupação conteudista.
B) O aluno é visto como um agente passivo, cabendo a ele decorar e memorizar o conjunto de conhecimentos significativos da cultura da
humanidade previamente selecionados e transmitidos pelo professor em aulas expositivas.
C) O mundo é uma externalidade ao aluno, ou seja, não é dado a ele a possibilidade de sua inserção no processo histórico.
D) O conhecimento é tratado de forma fragmentada levando em consideração o conhecimento prévio do aluno.
E) O conhecimento é concebido como uma informação que é apreendida unicamente pela memorização.

Processo Seletivo Simplificado para Classificação de Integrantes das Classes de Docentes do Quadro do Magistério – SP (2010)

33 - Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais de Geografia, trata-se de uma aquisição metodológica complexa em cartografia o fato de o aluno
(A) saber se conduzir com um mapa rodoviário ou com uma carta topográfica.
(B) reconhecer e situar as formas de relevo e de utilização do solo.
(C) medir uma distância sobre uma carta com uma escala numérica.
(D) explicar a localização de um fenômeno por correlação entre duas cartas.
(E) estimar uma altitude por um ponto da curva hipsométrica.

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DO QUADRO DE PESSOAL DA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS/MG (2010)

14 - A otimização de espaços significativos de aprendizagem consiste em oferecer a professores e alunos oportunidades de interação com objetos de conhecimento. Isso ocorre quando:
A) analisamos horas/aula oferecidas.
B) damos notas nas apresentações teatrais ou dramatizações.
C) oferecemos noções de seriação para apropriação de regras.
D) diversificamos as atividades, portadores de textos, de forma gradativa e complementar.

Seleção Pública para Composição de Banco de Recursos Humanos de Professores para Atender Necessidades Temporárias das Escolas da Rede Pública Estadual de Ensino – CE / 2012

17. Os Parâmetros Curriculares Nacionais estabelecem alguns objetivos para o ensino de Geografia na educação básica. De acordo com esses objetivos é correto afirmar que esse ensino deve propiciar ao aluno um aprendizado que visa:
A) identificar e avaliar as ações dos homens em sociedade e desconsiderar suas consequências nos diferentes espaços.
B) valorizar o patrimônio sociocultural e a sociodiversidade, reconhecendo-as como um obstáculo ao exercício da democracia.
C) conhecer e utilizar os procedimentos de pesquisa da Geografia, a fim de enumerar, quantificar e descrever os fenômenos geográficos.
D) conhecer a organização do espaço geográfico, o funcionamento da natureza e o papel das sociedades na produção do território, da paisagem e do lugar.
E) fazer leituras de imagens, de dados de informações, a fim de absorver e memorizar as informações sobre o espaço geográfico e as diferentes paisagens.

18. A cartografia se constitui um recurso visual importante para o ensino de Geografia na educação básica, pois oferece aos professores a possibilidade de se trabalhar com os alunos propiciando o desenvolvimento de algumas habilidades. Segundo Simielli (2007), os alunos trabalharão com os mapas já elaborados em três níveis. Assinale a alternativa que do ponto de vista metodológico define corretamente a sequência desses três níveis de aprendizagem cartográfica.
A) (1) Localização e síntese; (2) Correlação; (3) Análise.
B) (1) Localização e correlação; (2) Síntese; (3) Análise.
C) (1) Localização; (2) Correlação e Síntese; (3) Análise.
D) (1) Localização e análise; (2) Correlação; (3) Síntese.
E) (1) Localização; (2) Análise e Síntese; (3) Correlação.

19. Assinale a alternativa que caracteriza corretamente as atuais orientações curriculares para o ensino de Geografia.
A) A seleção de informações e fatos geográficos básicos para estruturar os conteúdos de ensino.
B) A “geografia do aluno” como referência do conhecimento geográfico construído em sala de aula.
C) A definição de conteúdos conceituais para orientar as ações, atitudes e comportamentos socioespaciais.
D) O estruturalismo contemporâneo e o interacionismo como norteadores do trabalho com a Geografia escolar.
E) A definição de conteúdos procedimentais no sentido de valorizar o estudo de fatos e os aspectos cognitivos do ensino.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postar um comentário